Amor ou Apego?

Amor e Apego, segundo Aurélio(dicionário), tem o mesmo significado: afeição por alguém ou por alguma coisa. O maior problema é que muitos as confundem, achando ser amor, mas que na verdade é apego. Vamos citar um exemplo: um rapaz completa 18 anos de idade, já trabalha desde os 16 anos, é aprovado a fazer um intercâmbio na Austrália, e contemplado com uma bolsa de estudos de 02 anos, na melhor universidade deste país. Feliz da vida com o ocorrido, pois havia se inscrito sem os pais saberem, chega em casa e dá a notícia alegremente. Qual a reação da “mãe apegada”? Eis o sermão: – “ Mas como você faz isto sem a gente saber? Acha que vai conseguir sobreviver tendo que cozinhar, lavar roupas, estar longe da família, do outro lado do mundo? Pode tirar o “cavalinho da chuva” pois não autorizo esta loucura! Para que sofrer, morar tão longe de casa, acha que vale a pena tanto sacrifício?” Como vemos, um discurso cheio de drama, que é o exagero do negativo, e preocupação, fantasia catastrófica e negativa da realidade. Já a “mãe amorosa”: – “Que legal filho, parabéns pela conquista! Se for realmente o que quer da vida e isto o fará feliz, vá com Deus que estaremos torcendo por ti, mesmo a milhares quilômetros de distância! Sentirei saudades mas sei que é capaz de “se virar” sozinho, pois é adulto e vacinado. Portanto, boa sorte!” Notaram a diferença? Nestes exemplos fica claro que o amor é liberdade, é dar asas, e não cortá-las; o oposto do apego, que é escravidão, ou seja, medo de perder o controle da situação. Palavras com o mesmo significado em termos gramaticais, mas que se mostram antônimas(contrárias) na prática.

Deixem seus comentários, positivos ou negativos, sugestões para outros vídeos ou palestras, e inscrevam-se no canal, se assim sentirem o chamado, grato!

Email: faleconosco@marciohiga.com

https://www.facebook.com/marciohiga

https://www.instagram.com/marcio_higa

https://www.portalabpr.org

Sobre Marcio Higa

Pós-graduado em Telecomunicações, Bacharel em Ciência da Computação e Técnico em Mecânica. Está terapeuta há 15 anos, com formação em Reflexologia(Podal e Auricular) pelo IOR, Crochetagem(Técnica de Fisioterapia Manual) e Manobras Articulares(Quiropraxia e Osteopatia) pela ABCroch, e Psicoterapia Reencarnacionista, na qual é Ministrante, Palestrante e Coordenador Nacional dos Grupos de IINP(Investigação do Inconsciente Não Pessoal) da ABPR, e do Núcleo ABPR São Paulo-SP. É fundador e proprietário do Instituto Sofia Higa, em São Paulo-SP, na Vila Prudente.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

2 respostas para Amor ou Apego?

  1. Maria Almeida disse:

    Sou a segunda mãe. Qdo. Minha filha única pediu-me um intercâmbio de 8 meses, não pensei duas vezes, apenas, conversei com ela s/ o que estava me pedindo e o que aquilo significava realmente p/ ela. Fiquei satisfeita c/ as resposta e confiava em mim, ou seja, em tudo que havia passado p/ ele.
    Conclusão,já lá se vão 13 anos completos.
    Deu tudo certo, minha filha permaneceu no país que havia escolhido, foi p/ Universidade , formou-se e hoje sou avó de uma americana.
    Minha filha continua casada e morando fora. Sempre que podemos nos visitamos.
    Sou feliz tbm por saber que tudo deu certo.
    Gratidão ao Logus Galático.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s